erva de são joão depressão

A erva de São João (Hypericum perforatum L.) é uma planta encontrada na Ásia, Europa, Estados Unidos e norte da África. Também conhecida como hipérico, suas flores amarelas e folhas têm propriedade medicinal, sendo conhecida por ajudar no tratamento de depressão leve a moderada.

O hipérico possui em sua composição química taninos, óleo essencial, pectina, aminoácidos, vitamina C, fitoesterois, carotenoides e flavonoides, como quercetina, isoquercetina e rutina, que podem proporcionar diversos benefícios à saúde.


erva de são joão: para que serve

Ação antidepressiva: a erva de São João age como um antidepressivo natural, sendo considerada eficaz ao colaborar para o tratamento da depressão leve e moderada. Um estudo apontou que a planta também pode melhorar quadros de ansiedade e insônia, dois fatores ligados à depressão. A ação antidepressiva da planta parece estar associada aos sistemas noradrenérgicos, dopaminérgicos e serotoninérgicos

Propriedade antioxidante: se deve à presença de compostos fenólicos, que atuam no combate aos radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular precoce e maior risco para doenças, como o câncer.

Ajuda na cicatrização: o extrato de erva de São João colabora para a coagulação do sangue e cria uma camada protetora na pele, diminuindo a dor e a irritação local.

Ação antimicrobiana e antifúngica: estudos indicam a propriedade antimicrobiana e antifúngica da erva de São João, em especial a do seu extrato, que pode inibir o crescimento de bactérias e fungos.

erva de são joão depressão

erva de são joão emagrece?
Por apresentar propriedade calmante, a erva de São João pode ser uma aliada no emagrecimento, já que colabora para diminuir a ansiedade, quadro que pode colaborar para a compulsão alimentar. No entanto, vale lembrar que favorecer a perda de peso não é o principal objetivo da erva de São João.


como consumir a erva de são joão?
O consumo pode ser feito com a erva de São João em cápsulas, compostas pelo extrato retirado da parte superior da planta. A dose varia de acordo com as necessidades individuais de cada um, devendo ser recomendada por um médico.


erva de são joão: efeitos colaterais
Doses excessivas da erva de São João pode causar alguns efeitos colaterais, como alterações no ritmo cardíaco e visão, além de confusão mental.


erva de são joão: contraindicação
A erva de São João é contraindicada para pessoas com depressão grave, para quem utiliza medicamento anticoagulantes, anticoncepcionais orais e para crianças menores de seis anos. Grávidas e mulheres amamentando não devem usar a erva de São João sem a orientação de um médico.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15

Comments on “erva de são joão depressão”

Leave a Reply

Gravatar